Translate - Tradutor

VISITANTES

Seguidores Amados

Pesquisar este blog

10 de fev de 2010

Vazio Cálix

Vazio Cálix
Em mãos... O cáliz vazio em brande
Sorvido o vinho... Saciado o corpo
Ficou a sede, nos lábios tremulam
As palavras que se perderam na volúpia
Nas assas da paixão, ribra e borbulhante
Mergulhou a alma e o gosto amargo
tomou-me o corpo que em gonia
Viver à em revelia da morte que chegou
Onde verso vivo, hoje
faço-me reverso e acompanho-me
Em brinde ao abandono que invisivel
Enche o cálix na noite sem amor
Elisa Santos
Rio de Janeiro (RJ) - Brasil
Karina Braz

Nenhum comentário:

Poesias,Contos...Queria viver deles...

"Escrever é procurar entender, é procurar reproduzir o irreproduzível, é sentir até o último fim o sentimento que permaneceria apenas vago e sufocador. Escrever é também abençoar uma vida que não foi abençoada."
Clarice Lispector

Volte Sempre

Sua visita me deixa muito feliz