Translate - Tradutor

VISITANTES

Seguidores Amados

Pesquisar este blog

9 de out de 2008

CONFIDÊNCIAS E SONHOS DA VIDA



Há dias em que acordamos e sentimos que fazemos parte do universo,
neutros é totalmente o inverso, questionamos a razão da nossa existência...
A nossa mente é poderosa, tanto pode transformar algo insignificante nas coisas mais belas, como pode transformar a coisa mais bela em algo insignificante...
A mente assim o decide!
Quando me olho no espelho, o que é que vejo? Não sei... Uma mulher feliz... Por vezes infeliz, outras vezes, confusa... E no final das contas...
QUEM SOU EU?
Eu sou alguém que quer ser feliz... Que quer ver aqueles que gostam felizes, eu sou aquela que sofre por não poder ser melhor... Sou aquela que queria ser melhor... E no final das contas continuo sem saber quem sou eu... Eu que sou filha, irmã, mulher...!
Quem sou eu? Serei alguém de bem? Tem dias que... Não sou perfeita... Sei que posso ser a criatura mais doce... Ou então ser alguém que magoa... E que depois lamenta... Mas depois já é tarde de mais...!
Sou filha...
Adoro os meus pais... Que já se foram, tão cedo... Amo o meu irmão...
Que é a minha açulinha... Amo o meu marido... Com desavenças, amores e tudo mais, nos amamos... Eu sei... E por último o mais importante... Meu sobrinho... O meu rebento, o meu tesouro... E para melhor definir... A minha vida!
Por isso olhando o reflexo de mim... Eu sou... Isto e muito mais... A minha família não é grande... Amo cada um deles de maneira diferente...!
No final das contas... Eu sou alguém que sempre teve coragem de dizer cara-a-cara que amo cada um deles... Eu sei que eles sabem... Às vezes não digo... Mas demonstro...
Houve alguém que me disse um dia...”Porque é que nunca o dizes e só o escreves... di-lo!”.
A mente diz...
mas a boca não fala!

11 de ago de 2008

Lute



Não devemos chorar muito tempo pelo que deu errado em nossas vidas...
Chorar apenas pra tirar a tristeza do coração
e então se levantar ... bater a poeira ... E recomeçar a caminhada rumo a felicidade
"Você nunca vai entender
Porque tantas vezes eu chorei
Mas se eu puder sonhar
Com um dia perfeito pra mim
Vai ser tudo como imaginei" ♥

A historia de Rebeca


Rebeca – Trabalhadora, Generosa E Usada Por Deus Para Realizar Seus Propósitos
“E disse: Ó Senhor, Deus de meu senhor Abraão, dá-me hoje bom encontro, e faze beneficência ao meu senhor Abraão! Eis que eu estou em pé junto à fonte de água e as filhas dos homens desta cidade saem para tirar água; Seja, pois, que a donzela, a quem eu disser: Abaixa agora o seu cântaro para que eu beba; e ela disser: Bebe, e também darei de beber aos teus camelos; esta seja a quem designaste ao teu servo Isaque, e que eu conheça nisso que usaste de benevolência com meu senhor” (Gênesis 24:12-14).
Esta foi a oração do servo de Abraão, Eliezer, quando já se encontrava nos arredores da cidade de Naor. Esta era uma oração de quem estava necessitando da ajuda de Deus. Era uma oração onde ele não pedia que o Senhor mostrasse a ele uma mulher perfeita, bonita mas uma mulher que fosse piedosa e que Ele (Deus) estivesse preparando para Isaque, filho do seu senhor Abraão.
Esta é a oração que deveríamos fazer em favor de nossos filhos. Que o Senhor coloque na vida deles pessoas crentes, piedosas, bondosas, compassivas, fiéis e de beleza interior sem igual. Que os atributos de uma mulher ou de um homem de Deus, encontrados em 1 Pedro 3:3-4, façam parte da vida daqueles que almejamos para nossos filhos… “O enfeite delas não seja o exterior, no frisado dos cabelos, no uso de jóias de ouro, na compostura dos vestidos; Mas o homem encoberto no coração; no incorruptível traje de um espírito manso e quieto, que é precioso diante de Deus.”
Ah, amada, é este tipo de mulher que queremos para nossos filhos e irmãos!
O Senhor ouviu a oração de Eliezer e encaminhou Rebeca para junto dele. Ele viu que o Senhor respondeu a sua oração quando…
  • Ele viu Rebeca “… com seu cântaro sobre o seu ombro” (Gênesis 24:15) vindo em direção ao poço para apanhar água. Certamente, ele percebeu que ela era uma jovem trabalhadodra e que não media esforços para abastecer a sua casa da água que todos precisavam.
Você é o tipo de mulher que arregaça as mangas e pega no pesado? Ou você acha que este tipo de trabalho não é para você?
Sabe de uma coisa, irmã? Deus elogia a mulher que “cinge os seus lombos de força e fortalece os seus braços” (Provérbios 31:17) e Ele ainda diz que “a força e a honra são seu vestido…” (Provérbios 31:25).
Rebeca era trabalhadora e, portanto admirada por Deus.
Eliezer percebeu esta qualidade nela quando…
  • Ele pediu água a Rebeca “e ela disse: Bebe, meu Senhor” (Gênesis 24:18). E vendo ela os dez camelos que estavam com ele, ainda disse: “Tirarei também água para os teus camelos até que acabem de beber” (Gênesis 24:19).
Certamente, naquele momento, o servo de Abraão percebeu uma outra qualidade desta bela mulher de Deus… ela gostava de servir, era bondosa e tinha um coração cheio de amor pelo próximo.
Que atributos perfeitos para uma mulher que deseja ser admirada pelo Senhor! Se eu quero ser admirada pelo Senhor, tenho que começar “agora” a seguir os mesmos passos de Rebeca, tenho que ser uma mulher sensível às necessidades do meu próximo e procurar fazer tudo além do que é preciso.
  • Ele, então perguntou a ela: “De quem és filha?” (Provérbios 24:23) e ela respondeu: “Eu sou a filha de Betuel, filho de Milca, o qual ela deu a Naor” (Sara, mãe de Isaque, era tia-avó de Rebeca).
Tudo estava acontecendo dentro do plano perfeito de Deus para as vidas de Rebeca e Isaque.
Amada, quando estamos caminhando com Deus lado a lado, quando estamos tendo comunhão diária com Ele, lendo a Sua Palavra, orando e, principalmente, seguindo os ensinamentos da Bíblia, então o Seu plano para a nossa vida se realiza e sentimos que Ele está no controle de tudo, nos abençoando.
  • Ele disse: “… Há também em casa de teu pai lugar para nós pousarmos?” E ela, amorosamente e com um espírito hospitaleiro (ele, certamente, percebeu este outro atributo que ela possuía) disse: “Também temos palha e muito pasto, e lugar para passar a noite” (Gênesis 24:25).
E a Bíblia nos diz que depois de tudo isto, ele “… inclinou-se… e adorou ao Senhor” (Gênesis 24:26).
“Um lar cristão é o mais belo retrato terreno do céu e um refúgio para a nossa sociedade cansada e estressada” (Elizabeth George).
Quantas mulheres hospitaleiras o Senhor nos apresenta na Sua Palavra!  Dentre tantas que abriram suas portas para acolher homens de Deus destacamos…
  1. Rebeca – amorosa e trabalhadora, hospedou em sua casa Eliezer, servo de Abraão.
  2. Sunamita – generosa e piedosa, hospedou em sua casa Eliseu, um profeta de Deus.
  3. A viúva de Sarepta – cheia de fé e muito hospitaleira, hospedou em sua casa Elias, um profeta de Deus.
  4. Marta – trabalhadora, ativa e determinada, hospedou em sua casa Jesus e Seus discípulos.
  5. Maria – cheia de fé e piedosa, hospedou em sua casa Jesus e Seus discípulos.
  6. Lídia – batalhadora, evangelista, hospedou em sua casa o apostolo Paulo.
Que nós, como mulheres de Deus, possamos seguir os passos da hospitalidade que estas mulheres seguiram. Sejamos hospitaleiras!
Quantos homens ou mulheres de Deus você já hospedou em sua casa?
Amandas, não vamos esperar que apareça um dinheirinho extra para  comprarmos toalhas novas, lençóis novos, mudar o conjunto da sala de visita… para assim convidar alguém para nossa casa.
Lembra da viúva que só tinha um pouco de azeite e um pouco de farinha para fazer o último bolo para ela e seu filho? E, mesmo assim, ela não se incomodou de ter em sua casa o profeta de Deus dando a ele aquela última porção de comida. Assim como Deus a abençoou, fazendo com que o azeite e a farinha se multiplicassem, Ele também a abençoará quando você tiver este mesmo espírito de hospitalidade.
Pela fé, Rebeca viajou 800 km com o servo de Abraão para se encontrar com Isaque, aquele que ela nunca vira mas que iria ser tornar o seu esposo, ela não o conhecia mas sabia que o Senhor o preparara para ela.
Podemos imaginar o momento do encontro, aqueles doces momentos do primeiro encontro com aquela pessoa especial que iria ser seu marido, era um presente que o Senhor estava dando a ela e com certeza, ela estava feliz!
A Bíblia nos diz que “… Isaque trouxe-a para a tenda de sua mãe Sara, e tomou a Rebeca, e foi-lhe por mulher…” (Gênesis 24:67).
Assim como Rebeca que deixou a sua família para unir-se a Isaque, nós também devemos deixar nossa família e acompanhar nosso marido para onde quer que ele vá.
Não podemos esquecer, depois de Deus e nossos pais, a pessoa mais importante da nossa vida é nosso marido. Devemos continuar amando nossos pais, cuidando deles mas nunca devemos colocá-los (como prioridade) na frente do nosso esposo.
Apesar de Rebeca ser feliz no casamento e ser uma verdadeira mulher de Deus, ela teve que enfrentar momentos difíceis em sua vida mas venceu a todos por causa da sua fé.
Vários foram estes momentos mas destaquemos alguns…
1- Ter que se separar das pessoas que amava quando partiu para Canaâ, foi muito difícil para ela.
Ela partiu para esta terra distante sabendo que nunca mais veria nem seus pais nem seus irmãos mas, pela fé, ela conseguiu superar estes momentos.
2- Rebeca sabia que o que existia de pior em um casamento era o período de adaptação. Também pela fé, ela conseguiu se adaptar à vida de casada e era muito feliz.
3- Ela teve que passar vinte longos anos sem ter filhos. Ela era estéril e isto a deixava preocupada e angustiada. Mas ela decidiu levar as suas preocupações até o altar do Senhor e Ele ouviu a sua oração e, pela fé, ela ganhou do Senhor dois filhos gêmeos – Esaú e Jacó.
Apesar de tantos momentos de tribulação, Rebeca sabia que o Senhor a amava e queria que ela fizesse parte do Seu povo e de suas promessas.
Ela confiou no Senhor e sabia que ele estava com ela nos bons e maus momentos de sua vida.
Rebeca foi uma mulher trabalhadora, generosa e usada por Deus para realizar Seus propósitos.
Textos-chave:
Gênesis 24; 25.19-34; 26.1; 28.1-9
Promessas para vida de Rebeca e para nós também…
Saberás, pois, que o Senhor, teu Deus, é Deus, o Deus fiel, que guarda a aliança e a misericórdia até mil gerações aos que o amam e cumprem os seus mandamentos. (Dt 7.9)
O Senhor é fiel em todas as suas palavras e santo em todas as suas obras. (Sl 145.13)
Guardemos firme a confissão da esperança, sem vacilar, pois quem fez a promessa é fiel. (Hb 10.23)

1 de ago de 2008

42 anos! Parabéns! \o/











Parabéns minha vida meu amor ♥ Claudio Felipe 42 anos de pura alegria





















Ser um Cristão Mais Cristão



ÉLDER ROBERT D. HALES
Do Quórum dos Doze Apóstolos


Essa é a conclamação de Cristo a todo cristão de hoje: “Apascenta meus cordeiros. (…) Apascenta as minhas ovelhas”.
O que significa ser cristão?
Um cristão tem fé no Senhor Jesus Cristo e crê que Ele é literalmente o Filho de Deus, enviado por Seu Pai para sofrer por nossos pecados, no supremo ato de amor que conhecemos como a Expiação.
Um cristão acredita que pela graça de Deus, o Pai, e Seu Filho, Jesus Cristo, podemos arrepender-nos, perdoar os outros, guardar os mandamentos e herdar a vida eterna.
A palavra cristão denota que tomamos sobre nós o nome de Cristo. Fazemos isso sendo batizados e recebendo o dom do Espírito Santo pela imposição de mãos, por aqueles que possuem a autoridade de Seu sacerdócio.
Um cristão sabe que ao longo das eras, os profetas de Deus sempre prestaram testemunho de Jesus Cristo. Esse mesmo Jesus, acompanhado do Pai Celestial, apareceu ao Profeta Joseph Smith no ano de 1820 e restaurou o evangelho e a organização de Sua Igreja original.
Por meio das escrituras e do testemunho de Joseph Smith, sabemos que Deus, nosso Pai Celestial, tem um corpo glorificado e aperfeiçoado de carne e ossos. Jesus Cristo é Seu Filho Unigênito na carne. O Espírito Santo é um ser de espírito cujo trabalho é prestar testemunho do Pai e do Filho. A Trindade são três seres separados e distintos, unidos em propósito.
Com essas doutrinas como alicerce de nossa fé, pode haver alguma dúvida ou discordância de que nós, membros da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, sejamos cristãos? Mas para todo cristão, uma simples pergunta permanece: Que tipo de cristãos somos nós? Em outras palavras, como estamos nos saindo em nosso empenho de seguir Cristo?
Analisem comigo o que aconteceu com dois discípulos cristãos:
“Jesus, andando junto ao mar da Galileia, viu a dois irmãos, Simão, chamado Pedro, e André, os quais lançavam as redes ao mar, porque eram pescadores;
E disse-lhes: Vinde após mim, e eu vos farei pescadores de homens.
Então eles, deixando logo as redes, seguiram-no”.1
Como cristãos, hoje, temos a oportunidade de agir logo, imediatamente, de modo decisivo, assim como Pedro e André fizeram: “E, deixando logo as suas redes, o seguiram”.2 Nós também somos conclamados a deixar nossas redes, a rejeitar hábitos, costumes e tradições do mundo. Também somos conclamados a abandonar nossos pecados. “E chamando a si a multidão, (…) disse-lhes [Jesus]: Se alguém quiser vir após mim, negue-se a si mesmo, e tome a sua cruz, e siga-me.”3 O fato de negar-nos a toda conduta ímpia é o início do arrependimento, que resulta numa vigorosa mudança no coração, até que “não [tenhamos] mais disposição para praticar o mal”.4
Essa mudança, chamada de conversão, somente é possível por intermédio do Salvador. Jesus prometeu: “E se os homens vierem a mim, mostrar-lhes-ei sua fraqueza (…); e minha graça basta a todos os que se humilham perante mim; porque caso se humilhem perante mim e tenham fé em mim, então farei com que as coisas fracas se tornem fortes para eles”.5 Quando nos tornamos uma nova pessoa em Cristo, nossa própria natureza muda, e não mais queremos voltar a nossos velhos hábitos.
Mesmo assim, os cristãos fiéis sempre terão a bênção de passar por dificuldades e decepções. Quando esses desafios refinadores chegam, podemos ser tentados a voltar a nossos velhos hábitos. Depois da crucificação do Salvador, Ele apareceu às mulheres e lhes disse que os irmãos O encontrariam na Galileia. Quando Pedro, o apóstolo sênior, retornou à Galileia, ele também voltou a fazer o que sabia fazer — o que se sentia confortável em fazer. “Vou pescar”,6 explicou ele, e levou vários discípulos consigo.
De fato, Pedro e os outros pescaram a noite inteira sem apanhar nenhum peixe. Na manhã seguinte, Jesus apareceu na praia e gritou para eles por sobre as águas: “Joguem suas redes do lado direito”. Os discípulos que permaneceram no barco seguiram Suas instruções e rapidamente descobriram que milagrosamente suas redes se encheram até se romperem. João imediatamente reconheceu a voz do Salvador, e Pedro na mesma hora se jogou ao mar e nadou até a praia.7
Para os cristãos que retornaram a seus antigos caminhos menos fiéis, considerem o exemplo fiel de Pedro. Não demorem. Venham ouvir e reconhecer a voz do Mestre que chama. Depois, retornem imediatamente a Ele e recebam suas abundantes bênçãos novamente.
Quando os discípulos voltaram à praia, descobriram um banquete de peixe e pão. “Vinde, comei”,8 convidou o Salvador. Enquanto os alimentava, Ele perguntou a Pedro três vezes: “Simão, filho de Jonas, amas-me?” Quando Pedro expressou seu amor, o Salvador implorou a ele: “Apascenta os meus cordeiros. (…) Apascenta as minhas ovelhas”.9
Essa é a conclamação de Cristo a todo cristão de hoje: “Apascenta meus cordeiros. (…) Apascenta as minhas ovelhas” — compartilhe o evangelho tanto com jovens quanto com idosos, elevando, abençoando, consolando, encorajando e edificando-os, especialmente aqueles que pensam e acreditam de modo diferente do nosso. Apascentamos Seus cordeiros em nosso lar pelo modo como vivemos o evangelho: guardando os mandamentos, orando, estudando as escrituras e imitando Seu amor. Apascentamos Suas ovelhas na Igreja quando servimos nos quóruns do sacerdócio e nas organizações auxiliares. E apascentamos Suas ovelhas no mundo inteiro, sendo bons vizinhos cristãos, praticando a pura religião de visitar e servir as viúvas, os órfãos, os pobres e todos os necessitados.
Para muitos, a conclamação para que sejamos cristãos pode exigir muito, até nos sobrecarregar. Mas não precisamos ter receio nem nos sentir inadequados. O Salvador prometeu que fará com que estejamos à altura de Sua obra. “E disse-lhes: Vinde após mim, e eu vos farei pescadores de homens”.10 Quando O seguimos, Ele nos abençoa com dons, talentos e força para que cumpramos Sua vontade, permitindo que saiamos de nossa zona de conforto e façamos coisas que nunca antes pensamos ser possíveis. Isso pode significar compartilhar o evangelho com vizinhos, resgatar os que estão espiritualmente perdidos, servir uma missão de tempo integral, trabalhar no templo, criar um filho com necessidades especiais, amar o filho pródigo, servir um cônjuge enfermo, suportar mal-entendidos ou sofrer aflição. Significa preparar-nos para responder a Seu chamado dizendo: “Aonde mandares irei; o que ordenares direi; o que quiseres que eu faça farei; tal como mandares, serei”.11
Para sermos quem o Pai Celestial deseja que sejamos, seguimos Jesus Cristo. Testifico que Ele está continuamento nos chamando para que O sigamos. Se você está começando a aprender a respeito do comprometimento cristão dos santos dos últimos dias ou se não tem participado plenamente na Igreja e deseja segui-Lo novamente, não tema! Os primeiros discípulos do Senhor eram todos membros novos da Igreja, recém-convertidos a Seu evangelho. Jesus pacientemente ensinou um por um. Ele os ajudou a cumprir suas responsabilidades. Ele os chamou de Seus amigos e deu a vida por eles. E Ele já fez o mesmo por vocês e por mim.
Testifico que por meio de Seu infinito amor e de Sua graça, podemos tornar-nos cristãos mais cristãos. Considerem as seguintes qualidades cristãs. Como estamos nos saindo em fortalecê-las dentro de nós mesmos?
Amor cristão. O Salvador valorizava todos. Sendo bondoso e compassivo com todos, Ele deixava as noventa e nove para procurar a que se desgarrou,12 porque “até os cabelos da [nossa] cabeça estão todos contados”13 para Ele.
Fé cristã. Apesar das tentações, provações e perseguições, o Salvador confiava em nosso Pai Celestial e decidiu ser fiel e obediente a Seus mandamentos.
Sacrifício cristão. Ao longo de toda a Sua vida o Salvador dedicou Seu tempo, Sua energia e, por fim, por meio da Expiação, deu a própria vida para que todos os filhos de Deus pudessem ser ressuscitados e ter a oportunidade de herdar a vida eterna.
Zelo cristão. Como o bom samaritano, o Salvador estava continuamente estendendo a mão para resgatar, amar e nutrir as pessoas a Seu redor, independentemente da cultura, do credo ou da situação delas.
Serviço cristão. Seja tirando água de um poço, preparando peixes para uma refeição ou lavando pés empoeirados, o Salvador passou Seus dias servindo às pessoas — erguendo o cansado e fortalecendo o forte.
Paciência cristã. Em Seu próprio sofrimento e tristeza, o Salvador esperou em Seu Pai. Com paciência conosco, Ele espera que reconheçamos o que é certo e voltemos a Ele.
Paz cristã. Ao longo de Seu ministério, Ele pediu compreensão e promoveu a paz. Especialmente entre Seus discípulos, Ele ensinou que os cristãos não podem brigar com outros cristãos, mesmo que tenham diferenças.
Perdão cristão. Ele nos ensinou a abençoar os que nos maldizem e mostrou-nos o caminho orando para que aqueles que O crucificavam fossem perdoados.
Conversão cristã. Tal como Pedro e André, muitos reconhecem a veracidade do evangelho assim que o ouvem. São instantaneamente convertidos. Para outros, pode levar mais tempo. Em uma revelação dada por intermédio de Joseph Smith, o Salvador ensinou: “Aquilo que é de Deus é luz; e aquele que recebe luz e persevera em Deus recebe mais luz; e essa luz se torna mais e mais brilhante, até o dia perfeito”,14 o dia perfeito de nossa conversão. Jesus Cristo é “a luz e o Redentor do mundo; o Espírito da verdade”.15
Perseverança cristã até o fim. Em todos os Seus dias, o Salvador jamais deixou de fazer a vontade de Seu Pai, mas prosseguiu em retidão, bondade, misericórdia e verdade até o fim de Sua vida mortal.
Essas são algumas das características daqueles que ouvem e atendem à voz do Salvador. Como uma de Suas testemunhas especiais na Terra, presto meu testemunho cristão de que Ele está clamando a vocês hoje: “Vem, e segue-me”.16 Venham trilhar a senda que conduz à felicidade, alegria e vida eterna no reino de nosso Pai Celestial. Em nome de Jesus Cristo, nosso Salvador e Redentor. Amém.





mais é você quem eu quero mais você não se toca...




















Ama-me por amor somente.




Não digas:




"Amo-a pelo seu olhar,o seu sorriso, o modo de falar honesto e brando.


Amo-a porque se sente minh'alma em comunhão constantemente com a sua".




Porque pode mudar isso tudo, em si mesmo, ao passar do tempo, ou para ti unicamente.


Nem me ames pelo pranto que a bondade de tuas mãos enxuga,


pois se em mim secar, por teu conforto, esta vontade de chorar, teu amor pode ter fim!


Ama-me por amor do amor, e assim me hás de querer por toda a eternidade.

26 de jun de 2008

Seja feliz e pronto...

DE: Arnaldo Jabor 


A vida já é um caos, 
dores e afins.
No dia-a-dia, 
Milhares de casamentos 
Quem disse que é bom 
Ha ha ha ha ha ha ha ha!
Alguém que sabe resolver 
É bem comum gente que fica 
Tudo que é mais difícil é 
Brincar é legal. Entendeu?
Esqueça o que te falaram sobre ser adulto, 
Pule corda! 
Ser adulto não é perder
Uma semaninha, para começar. 
Acorde de manhã e decida entre duas coisas: 
Bom mesmo é ter problema na cabeça, 
Aliás, 
"A vida é uma peça de teatro 
Seja você mesmo sempre e
A idiotice é vital para a felicidade.

Gente chata essa que quer ser séria,
profunda e visceral sempre.
por que fazermos dela,
ainda por cima,
um tratado?
Deixe a seriedade para as horas
em que ela é inevitável:
mortes, separações,
pelo amor de Deus,
seja idiota!
Ria dos próprios defeitos.
E de quem acha
defeitos em você.
acabaram-se
não pela falta de amor,
dinheiro, sexo, sincronia,
mas pela ausência
de idiotice.
Trate seu amor como
seu melhor amigo,
e pronto.
dividirmos a vida
com alguém que tem conselho pra tudo,
soluções sensatas,
mas não consegue rir quando tropeça?
uma crise familiar,
mas não tem a menor idéia
de como preencher as horas livres
de um fim de semana?
perdida quando se acabam os problemas.
E daí, o que elas farão se já não
têm por que se desesperar?
mais gostoso,
mas...
A realidade já é dura;
piora se for densa.
Dura, densa, e bem ruim.
tudo aquilo de não brincar com comida,
não falar besteira,
não ser imaturo,
não chorar, não andar descalço,
não tomar chuva.
Adultos podem (e devem) contar piadas,
passear no parque, rir alto e lamber a
tampa do iogurte.
os prazeres da vida - e esse
é o único "não" realmente aceitável.
Teste a teoria.
Veja e sinta as coisas como se elas
fossem o que realmente são: passageiras.
ficar de mau humor e transmitir isso adiante ou sorrir...
sorriso na boca e paz no coração!
entregue os problemas nas
mãos de Deus,
confie e espere só NELE
e pra relaxar que tal um
cafezinho gostoso agora?
que não permite
ensaios". "Por isso cante, chore, dance e viva
intensamente antes que
a cortina se feche".
VIVA A VIDA!!!!

21 de jun de 2008

AMOR

Nada nos pode separar do amor de Deus. A Bíblia diz em Romanos 8:38-39 “Porque estou certo de que, nem a morte, nem a vida, nem anjos, nem principados, nem coisas presentes, nem futuras, nem potestades, nem a altura, nem a profundidade, nem qualquer outra criatura nos poderá separar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus nosso Senhor.” O amor de Deus é um amor de sacrifício. A Bíblia diz em João 3:16 “Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.” O amor de Deus dura para sempre. A Bíblia diz em Salmos 136:1 “Dai graças ao Senhor, porque ele é bom; porque a sua benignidade dura para sempre.” Como a Bíblia descreve o amor? A Bíblia diz em 1 Coríntios 13:4-7 “O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não se vangloria, não se ensoberbece, não se porta inconvenientemente, não busca os seus próprios interesses, não se irrita, não suspeita mal; não se regozija com a injustiça, mas se regozija com a verdade; tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.” A Bíblia diz que devemos amar-nos uns aos outros. A Bíblia diz em 1 João 2:7-8 “Amados, não vos escrevo mandamento novo, mas um mandamento antigo, que tendes desde o princípio. Este mandamento antigo é a palavra que ouvistes. Contudo é um novo mandamento que vos escrevo, de vos ameis uns aos outros, o qual é verdadeiro nele e em vós; porque as trevas vão passando, e já brilha a verdadeira luz. O amor não é só para amigos. A Bíblia diz em Mateus 5:43, 44 “Ouvistes que foi dito: Amarás ao teu próximo, e odiarás ao teu inimigo. Eu, porém, vos digo: Amai aos vossos inimigos, e orai pelos que vos perseguem.” O amor é o resumo da lei de Deus. A Bíblia diz em Mateus 22:37-40 “Respondeu-lhe Jesus: Amarás ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, de toda a tua alma, e de todo o teu entendimento. Este é o grande e primeiro mandamento. E o segundo, semelhante a este, é: Amarás ao teu próximo como a ti mesmo. Destes dois mandamentos dependem toda a lei e os profetas.” Podemos mostrar o nosso amor a Deus guardando os Seus mandamentos. A Bíblia diz em 1 João 5:3 “Porque este é o amor de Deus, que guardemos os seus mandamentos; e os seus mandamentos não são penosos.” Não deixe que o seu amor por Deus se enfraqueça. A Bíblia diz em Apocalipse 2:4-5 “Tenho, porém, contra ti que deixaste o teu primeiro amor. Lembra-te, pois, donde caíste, e arrepende-te, e pratica as primeiras obras; e se não, brevemente virei a ti, e removerei do seu lugar o teu candeeiro, se não te arrependeres.”

20 de jun de 2008

O Amor de Deus repousa em mim...

"Se nos amarmos uns aos outros, Deus permanece em nós e o seu amor chegou à perfeição em nós. Damos conta de que permanecemos n'Ele e Ele em nós, por nos ter feito participar do seu Espírito. Nós amamos porque Ele nos amou primeiro."
1 Jo 4, 12-13.19

"Nós temos necessidade de encontrar Deus, e Ele não se

encontra no meio do ruído e da agitação. Deus é amigo do

silêncio. Vê-de como a natureza - as árvores, as flores, a erva -

crescem em silêncio. Vê-de as estrelas, a lua, o sol, como se

movem em silêncio. Não é nossa missão dar Deus aos pobres

dos bairros-de-lata? Não um Deus morto, mas um Deus vivo e

que ama. Quanto mais recebemos no silêncio da oração, mais

daremos na nossa vida activa. Temos necessidade do silêncio

para tocar as almas. O importante não é o que dizemos mas

o que Deus nos diz e diz por meio de nós. Todas as nossas

palavras são vãs se não vêm do interior. As palavras que não


dão a luz de Cristo aumentam a escuridão."
Madre Teresa de Calcutá





Hoje quero silenciar o meu coração... quero tanto escutar a

voz do Senhor que me sustenta e me indica o caminho. Não

quero um coração perturbado, um coração com medo de ser

rejeitado, um coração cheio de ruídos e sussurros de escuridão.

Silêncio... sim ainda mais do que aquele que já é hábito

reconhecerem em mim, mas um silêncio verdadeiramente

interior, que gera a paz de Deus. Desejo deixar que as palavras

de Cristo abundem na minha vida, para que a Sua luz brilhe por

meio de mim, para O levar a quem já esqueceu o amor com

que Ele seduz, para renovar a confiança naqueles que não

encontram o caminho, para dar a esperança aos que procuram

a Sua vontade e um projecto de amor... Como gostava de

deixar todos apaixonados por Cristo, como Ele me deixou

quando entrou na minha vida. Deixo as palavras e entrego-me

ao silêncio, onde a Sua presença toca a minha alma e onde

ressoa a voz d'Aquele que me pede: "permanece em Mim"...



11 de jun de 2008

Quero morrer

Quero morrer


Eu quero morrer porque sou uma covarde, que se preocupa com a opinião de todo mundo, menos com a minha.

Quero morrer porque não tenho coragem de enfrentar a minha vida, arregaçar as mangas e construir a minha própria vida.

Quero morrer porque estou indo para um abismo, pensando na carreira de que nunca tive e que abandonei, sem saber qual era.

Quero morrer porque acredito tanto em Deus que chego a ter medo Dele.

Quero morrer porque me sinto sozinha, porque não tenho amigos com quem posso falar essas coisas abertamente.

Quero morrer porque tenho 23 anos e quando olho para trás vejo que só fui infeliz.

Quero morrer porque quando alguém lê ou escuta essas minhas palavras de desabafo,

sempre me diz: "isso é frescura... vc tá querendo chamar a atenção".

Quero morrer porque me sinto só, muito só, me sinto um nada.

Quero morrer porque não gosto do meu corpo.

Quero morrer porque não me acho uma pessoa interessante o suficiente para despertar o desejo de um homem do meu marido.

Quero morrer porque meu futuro está nas mãos da minha de minguem pois, não tenho pai nem mãe...

Quero morrer porque tô cansada de ouvir que os meus sentimentos não são nada, que eu sou uma fresca...

Quero morrer porque nunca vou ter sossego, nem paz para poder ser eu mesma, para poder pensar com a minha cabeça e fazer as coisas do meu jeito.

Quero morrer porque nunca vou ter coragem de dizer a minha irmã essas palavras, por medo dela passar mal.

Quero morrer porque se eu falar alguma coisa para a minha irmão, ela vai ficar triste e não quero preocupa-la.

Quero morrer porque passei a ser uma pessoa rancorosa, cheia de mágoas, que não consegue passar um dia sem pensar nessas dores e choro muito.

Quero morrer porque prefiro me trancar no quarto e sonhar com um vida da minha do que fazer alguma coisa para mudá-la.

Quero morrer porque não tenho coragem de desistir de ser Irmã por medo de ser castigada por Deus ou da minha irmão se entristecer.

Quero morrer porque vou ser infeliz um dia e sei que vou decepcionar a Deus e a minha irmã.

Quero morrer porque eu quero mudar a minha vida e não posso, não tenho coragem.

6 de jun de 2008

Que não posso exigir o amor de ninguém,

posso apenas dar boas razões para que gostem de mim

Que vai demorar muito para me transformar na pessoa que quero ser, e devo ter paciência;

Que posso ir além dos limites que eu próprio coloquei;

Que eu preciso escolher entre controlar meus pensamentos ou de ser controlado por eles.

Que meu melhor amigo vai me machucar de vez em quando, que eu tenho que me acostumar com isso;

Que não é bastante ser perdoado pelo outros, eu preciso me perdoar primeiro;

Que, não importa o quanto meu coração esteja sofrendo, o mundo não vai parar por causa disso.



Que a palavra amor perde o sentido, quando usada sem critério;

Que certas pessoas vão embora de qualquer maneira; quer você queira ou não;

Que é difícil traçar uma linha entre ser gentil, não ferir pessoas, e saber lutar pelas coisas que acredita.



Que sou mais forte que imaginava, e que posso ir mais longe depois de pensar que não podia mais;

E que realmente a vida tem valor e eu tenho valor diante da vida !!



E ter paciência para que a vida faça o resto;

Que não importa o quanto certas coisas são importantes para mim, tem gente que não dá a mínima e jamais conseguirei convencê-las que posso

passar anos construindo uma verdade e destruí-la

em apenas alguns segundos.

Que posso fazer algo em um minuto e ter que responder por isso o resto da minha vida;

Que por mais que você corte o pão em fatias, esse pão continua tendo duas faces, e o mesmo vale para tudo o que cortamos de nosso caminho.
Karina Braz dos Santos

30 de abr de 2008

Quem sou eu?

Eu sou a soma de todas minhas experiências, sejam elas as boas ou as nem tanto, mas eu sou isso, como um grande sopão, onde colocamos o que tem na geladeira, temperamos e comemos... e sabe o melhor, que fica muito bom.

A vida é tudo para mim... sem ela, eu não estaria escrevendo este texto, não estaria sonhando e muito estaria vivendo...

Colecione somente boas memóriasÉ muito fácil se tornar uma pessoa amarga devido as decepções na vida... é muito fácil deixar de acreditar que posso amar e principalmente ser amado.
Eu só coleciono bons momentos... inclusive, bons momentos até com quem me prejudicou, como ex-funcionaris e ex-amigos... sabe porque? A vida é isso ai, somente uma grande coleção de boas memórias.

As tristezas da vida...


Todos temos tristezas, que podem ser coisas simples, como uma decepçãozinha caseira de manhã, como uma grande traição pela pessoa amada ou de alguém que você gosta tanto. A infelizmente não é justa e não adianta você pensar que ela precisa ser... lembre-se que neste mundo estamos todos em uma grande selva, onde precisamos literalmente lutar pelo nosso lugar, sustendo e sobrevivência...


a vida é assim...

A vida é cheia de problemas diários, dúvidas, decepções, chateações... tudo resume-se em fatos tristes que podem nos colocar para baixo...
é a vida...

Algumas tristezas são necessárias para que possamos chorar e nos libertar dessa tristeza ou momento ruim... o choro nos liberta... o choro nos dá um grande alívio para alguns problemas... então, eu choro sempre que preciso... não sei quando devo, mas acontece...


Jogando ou Passeando com a vida...
Eu uso o método de liberdades para longe as coisas tristes... eu as vivencio, sinto, mas não deixo o sentimento tomar conta de mim... eu já dou uma raquetada para longe e continuo me sentindo bem...
Precisamos compreender que sentimentos de tristeza devemos nos dar a liberdade de sentir... nem todos os sentimentos devem ser sentidos, vivenciados e até chorados... nem todos... porque alguns podem nos levar para um estado tão grande de depressão, que poderemos demorar para sair.


Ancoragem dos melhores momentos
Eu uso fazem vários anos um método do autor de PNL – Programação Neuro Lingüística entre outras coisas, Anthony Robbins, que se chama ancoragem, que se consiste em você criar ancoras de boas emoções com algum movimento ou toque físico... a idéia consiste em você fazer de forma repetitiva sempre algum movimento ou pegar em algum lugar do seu corpo quando tiver em algum momento especial... de alegria ou de prazer... faça de forma consciente e saiba o que está fazendo... quando mais você fazer, maior será o número de âncoras e quando você estiver em um pré-estado de tristeza faça o mesmo momento, mas agora somente para disparar todas as âncoras... e você certamente será inundado de boas memórias e bons sentimentos.

Eu uso essa técnica ja tem algun tempo... e uso ela fechando o meu punho direito com força... porque eu faço isso? Porque sempre que estou nervosa ou ansiosa, eu fecho as mãos com força... então, sempre que faço isso, sou inundado de bons sentimentos e volto ao estado que chamo de excelência... alegre etc... isso as vezes causa espanto nas pessoas, mas se você fizer, você verá que a coisa funciona e poderá aproveitar os seus benefícios.


Agora quem realmente é a Karina Braz dos Santos.
Eu sou uma mulher que nada tenho, somente a minha palavra, meu coração e a minha vontade louca de ajudar as pessoas... ao longo da minha vida eu já tive muita coisa, como dinheiro, amigos influentes, acesso ao poder, também já tive poder, bom empregos etc... já fui e continuo sendo reconhecido por amigos, conhecidos por alguns profissionais... tudo isso eu sou ou fui...


A Karina (Eu) é a soma de tudo isso, mas eu definiria que realmente sou somente uma coisa... a minha palavra e nada mais. A palavra que falo, é o que declaro como uma decisão ou afirmativa que eu faço... eu digo que poderei construir muitas coisas, mas somente uma coisa que poderá sobreviver o tempo... a minha honra e junto com ela, minhas palavras também poderão ser perpetuadas pelos tempos...

Minhas palavras são a soma de minhas experiências... cada declarção ou texto são escritos com o que sinto... e cada vez mais isso tem se tornado verdade e quero que sempre serei lembrada como uma pessoa honrada de palavra.





Beijos a todos!!
Fiquem com Deus
Karina Braz dos Santos

20 de abr de 2008

Pálida à Luz

Pálida à luz da lâmpada sombria, Sobre o leito de flores reclinada, Como a lua por noite embalsamada, Entre as nuvens do amor ela dormia! Era a virgem do mar, na escuma fria Pela maré das águas embalada! Era um anjo entre nuvens d'alvorada Que em sonhos se banhava e se esquecia! Era mais bela! o seio palpitando Negros olhos as pálpebras abrindo Formas nuas no leito resvalando Não te rias de mim, meu anjo lindo! Por ti - as noites eu velei chorando, Por ti - nos sonhos morrerei sorrindo! (Álvares de Azevedo)

Soneto do Maior Amor

Maior amor nem mais estranho existe Que o meu, que não sossega a coisa amada E quando a sente alegre, fica triste E se a vê descontente, dá risada. E que só fica em paz se lhe resiste O amado coração, e que se agrada Mais da eterna aventura em que persiste Que de uma vida mal-aventurada. Louco amor meu, que quando toca, fere E quando fere vibra, mas prefere Ferir a fenecer – e vive a esmo Fiel à sua lei de cada instante Desassombrado, doido, delirante Numa paixão de tudo e de si mesmo.
 *  Vinícius de Moraes *

Poesias,Contos...Queria viver deles...

"Escrever é procurar entender, é procurar reproduzir o irreproduzível, é sentir até o último fim o sentimento que permaneceria apenas vago e sufocador. Escrever é também abençoar uma vida que não foi abençoada."
Clarice Lispector

Volte Sempre

Sua visita me deixa muito feliz