Translate - Tradutor

VISITANTES

Seguidores Amados

Pesquisar este blog

15 de dez de 2009

Guardado aqui...

Não sou a mais bonita.
Vivo sonhando acordada e chora sem razão. Só uso perfume doce. E já foi chamada de perfeita e descobri que a perfeição sempre cansa. Já vivi um grande amor que nunca saiu das páginas de um livro. Vivo já desejando ser outra pessoa, mas percebi que gosto mesmo e de ser eu. Tenho tem cara de insuportável. Eu que vive com o coração na boca. Eu que tenho muitos defeitos. Resolvi deixar tudo Guardado Aqui... Talvez realmente tudo tenha seu tempo... Mas cadê minha paciência pra esperar hein? Ultimamente ando mais ansiosa que nunca! Quero que tudo aconteça pra ontem... Que minha vida se resolva em segundos... Que mude minha condição de um jeito instantâneo! Na verdade cheguei ao meu limite. Sabe aquela hora que a gente cansa? Que do primeiro tombo acha graça, do segundo tombo diz que foi divertido, do terceiro declara que serviu de aprendizado... Mas já perdi as contas e agora começa doer!Sempre quis transparecer fortaleza e soberania... Hoje penso que o melhor mesmo é se mostrar a fraqueza! Cobra-se menos das pessoas frágeis! Elas sim são protegidas! Diferente daquelas que dão impressão de ser forte! Destas as expectativas são maiores! Nelas deposita-se mais espera! O peso é mais desconfortável e as “pauladas” mais freqüentes! Não admiro quem reclame de tudo! Mas ta difícil manter o bom humor e a cara de “paisagem”. To cansada de ter só metade... Esgotada de saudade, de distancia, de carência, de rejeição, de falta de auto-estima, de total falta de dinheiro, de fome! Éééé... Nem isso posso usar como álibi! Não posso me dar o luxo de comer sem me preocupar com calorias! Não posso tomar “uma” pra desestressar! Não posso ficar um dia sem contar centavos e economizar até numa marmita, ENFIM. Tenho que suportar ser rejeitada descaradamente por um ser que nem liga se to respirando ou não! Tenho que aguentar a saudade! Tenho que conviver com uma imagem que detesto ver no espelho! Com um cabelo que me odeia, com uma estima que nunca será alta! JAMAIS! Não consigo me ver como a sortuda... O que me faz pensar que alguém ainda vai se apaixonar por mim? Que vou ser a escolhida em uma festa no meio de tantas outras garotas! Nada! Nada me faz pensar assim... Porque pelo menos tenho noção do ridículo e sei me colocar no lugar devido! Consigo pelo menos me descrever... Sem mentiras!Hoje foi daqueles dias típicos... Muito frio e muito cinza na minha vida! Acordar cedo, andar demais, suportar ambições, não ter dinheiro, coisas darem errado, querer nascer de novo com 15 quilos a menos, falta de dinamismo pra trabalhar, preocupação e indignação solidária com uma amiga minha (meu anjo!) e agora (01h15min A.M) não conseguir dormir por estar com dor de cabeça e fome!
Só vale a pena lutar por aquilo que vale a pena possuir!
Só queria te falar uma coisa... Só uma! Não vou mais me enganar com toda essa farsa no nosso relacionamento de querer me diminuir pra conseguir se elevar! Não vou! A história de me chamar de infantil, dizer que eu sou uma idiota, que tudo isso é culpa minha (eu sei que é), que não servo pra você... CHEGA! Sabe por quê? Por que no fundo não é nada disso que realmente penso!O problema está “realmente” comigo... Na minha ilusão e no meu defeito de sonhar e esperar demais por aquilo que já sei que não existir mais entre nos! Aconteceram situações que você tirou proveito, né! Descontou tudo em mim.
O que me dá medo é perceber que não sei muito bem o que esperar de você! Não sei o que passa em sua cabeça... Não sei como você está... Nem de suas amizades... Muito menos sei o que vai acontecer! De tudo... A única certeza que tenho é que você me atrai! E muitooo! eu posso muito bem olhar pra você e pensar que tudo aí é o resumo do que não preciso! Consigo perceber que te falta seriedade ou um mínimo de maturidade que seja pra ter esse domínio todo sobre minha vontade! Sou muito capaz de querer ver você com outra só pra ficar com raiva suficiente pra não olhar mais na sua cara! Posso pedir que não venha mais conversar comigo, posso desviar meu caminho, posso enganar meu coração, posso ser só razão! Só não posso entender se tudo isso é verdade... Se for realmente o que eu quero! Enquanto mantenho essas briguinhas e essa implicância... Mantenho você por perto! É uma forma de ter você... Entende! Porque quando isso não passar de um simples encantamento... Quando perceber que era só na minha cabeça e no meu coração que as coisas existiam... Você também deixará de existir! Você também terá sido! Passado! Finity! E eu, como boa Virginiana... Sofro em todas as despedidas, mais logo-logo vai passar... Eu que pensava que você fosse certo tipo de pessoa... Mas talvez nem o tipo certo!
Será tão difícil assim se acostumar com a ausência? Parece que sim! Será por isso que ando com o coração apertado e os olhos mareados? Com certeza sim! Você me faz falta, mesmo perto... Muita falta! Pelo simples fato de não estar aqui eu já me sinto só metade... Eu já sei que não sou completa! Que não consigo ser!Queria contar como foi meu dia, falar o quão estressante o trabalho, ou então escutá-los me chamando de grossa, de egoísta, dizerem que gasto muito e só pensa em festa e fim de semana! Não me importo mais com isso... Só queria tê-los por perto, perto do meu coração e ter a certeza que ainda estou no seu! "A saudade não tem braços, mas sabe como apertar"! Por falar em apertar... Queria abraçá-lo! Queria o aconchego seguro... Queria você... E queria muito e queria agora!

Pra você que amo e odeio demais. 1, 2, 3, 4
Plain White T's

Karina Braz dos Santos

Poesias,Contos...Queria viver deles...

"Escrever é procurar entender, é procurar reproduzir o irreproduzível, é sentir até o último fim o sentimento que permaneceria apenas vago e sufocador. Escrever é também abençoar uma vida que não foi abençoada."
Clarice Lispector

Volte Sempre

Sua visita me deixa muito feliz