Translate - Tradutor

VISITANTES

Seguidores Amados

Pesquisar este blog

31 de dez de 2009

A VIDA SEM MANUAL

Primeiro Encontro em Duas Versões:


A Versão Dele

Pô sai com a Leninha ontem. Não que tivesse muito afim, mas sabe como é, sexta-feira à noite e nada para fazer. Abri minha agenda e fui tentando, com ela colou. E aí e que nem o ditado: melhor uma na cama, do que acabar na mão. Ainda mais em uma se(x)sta-feira.
Marquei de passar lá por volta das nove da noite, mas ai o povo do escritório inventou de beber e é claro que não podia deixar de ir. Acabei me atrasando, mas descolei uma desculpa de trabalho e a gata ficou até com pena de mim. Eu sou o máximo, não é? A Globo não sabe o artista que 'tá desperdiçando...
Ela até que tava gostosinha com uma blusinha de renda que dava para ver o sutiã, mas preferia que ela estivesse com um vestidinho preto que de vez em quando usa, um que dá para ver bem os melões... Coisa de louco. Para fazer média, deixei que escolhesse o restaurante, e é óbvio que tinha que escolher o mais caro...
Ficamos lá, no maior chove e não molha, a mulher não parava de falar um segundo. Eu até que tentava participar da conversa, mas o máximo que conseguir era dar um sorriso meio sem-graça e fingir que estava ouvindo aquele tagarelar todo! Cheguei a ficar com o maxilar doendo!
E na hora da conta? Pô, maior sacanagem da mina! Esperou eu pedir a conta para o garçone e se mandou para o banheiro. Ficou aquele pinguim engomado, lá do meu lado, com cara de: "não vai pagar não é?" Acabei tendo que pagar tudo e a mulher nem para perguntar quanto foi quando voltou, ou pelo menos disfarçar e colocar um troco na minha mão. Mô prejuízo!
Além de tudo isso, inventou de irmos dançar. Maior mico! A mulher parece que tá tomando eletrochoque na pista de dança. Todo mundo olhando para a gente e ela nada. Tava se sentindo uma Madonna. Nunca mais vou poder pisar naquele lugar...
Aí final da noite, fui levar a madame em casa. Na porta do apartamento dela começou rolar uns amassos maneiros. Pelo menos isso, né! Pô, tive o maior preju, paguei um king-kong e não ia comer?! Claro que comi, oras! E cá entre nós, ela bem que gostou, pediu até telefone no final. Eu dei é claro, mas disse que estava indo para São Paulo e só voltava na semana que vem.
___________________________

A Versão Dela

Ontem sai com o Anselmo. Ai, que foi tudo de bom. Antes dele chegar foi a maior correria. Tive que passar no salão e dar uma ajeitada nas unhas e no cabelo que estavam horríveis. E na hora de me vestir, foi traumático, eu não tinha roupa para ir. Olha que já tinha programado ir com o vestido preto, mas na hora que botei, vi que ele estava horroroso! Quase perdi a hora tentando ver uma roupa, ou não cabia mais em mim, ou estava fora de moda, ou era ousado demais e não queria parecer muito dada... Um sufoco, acabei optando por uma saia jeans comprida e uma blusa branca de rendas.
Mas, apesar disso tudo, estava pronta antes das nove, hora que ele iria passar para me buscar. Deu 9:05h e nada dele, com certeza era o transito. 9:10 e nada, nem um telefonema para avisar que ia chegar atrasado, eu já achando que tinha levado um bolo. Meia hora depois e nada dele, o discurso pronto para quando ele chegasse (ou ligasse), iria esculhambar geral, mas quando o interfone tocou e ele disse que tinha ficado preso no escritório, fiquei com uma pena, tadinho, não era culpa dele.
Fomos jantar em um lugarzinho ótimo, ele deixou que eu escolhesse, como mea culpa pelo atraso e ainda elogiou minha roupa, ou melhor, não falou nada, mas lançou uns olhares que diziam tudo. E ele é tão divertido e tão atencioso, não é daqueles que não sabem ouvir uma mulher, ficou ouvindo tudo e quando eu parava, ele abria um sorriso lindo, incentivando que falasse mais.
Além de tudo isso, ainda pagou a minha conta! Eu ia dividir, sabe que sou dessas mulheres modernas, que não têm problema nenhum em dividir despesa. Mas, sabe que me deu uma vontade danada de ir ao banheiro? Poxa, tinha bebido muito, não dava para segurar. E quando voltei, ele já tinha pago e cavaleiro que só ele, nem comentou nada!
Depois fomos dançar. Caramba, dançamos muito! Ele é um dançarino nato e eu, sem falsa modéstia, danço muito bem. Eramos o casal sensação da pista, todo mundo olhando, quase babando de inveja. Achei o máximo!
A noite terminou por volta das três da manhã, quando chegamos na frente do meu apê. Ai, não resisti, rolou uns amassos muiiiito boooommmm.... Até pensei em falar para ele subir, e bem que nós dois queríamos isso, mas quer saber, na hora pensei nas meninas falando e achei que o melhor seria deixar para o próximo encontro.
Achei que iria ficar chateado, mas reagiu numa boa, me deu seu cartão e pediu que eu ligasse! Tudo de bom, não é mesmo? Pena que ele foi para São Paulo e só volte semana que vem...

15 de dez de 2009

Guardado aqui...

Não sou a mais bonita.
Vivo sonhando acordada e chora sem razão. Só uso perfume doce. E já foi chamada de perfeita e descobri que a perfeição sempre cansa. Já vivi um grande amor que nunca saiu das páginas de um livro. Vivo já desejando ser outra pessoa, mas percebi que gosto mesmo e de ser eu. Tenho tem cara de insuportável. Eu que vive com o coração na boca. Eu que tenho muitos defeitos. Resolvi deixar tudo Guardado Aqui... Talvez realmente tudo tenha seu tempo... Mas cadê minha paciência pra esperar hein? Ultimamente ando mais ansiosa que nunca! Quero que tudo aconteça pra ontem... Que minha vida se resolva em segundos... Que mude minha condição de um jeito instantâneo! Na verdade cheguei ao meu limite. Sabe aquela hora que a gente cansa? Que do primeiro tombo acha graça, do segundo tombo diz que foi divertido, do terceiro declara que serviu de aprendizado... Mas já perdi as contas e agora começa doer!Sempre quis transparecer fortaleza e soberania... Hoje penso que o melhor mesmo é se mostrar a fraqueza! Cobra-se menos das pessoas frágeis! Elas sim são protegidas! Diferente daquelas que dão impressão de ser forte! Destas as expectativas são maiores! Nelas deposita-se mais espera! O peso é mais desconfortável e as “pauladas” mais freqüentes! Não admiro quem reclame de tudo! Mas ta difícil manter o bom humor e a cara de “paisagem”. To cansada de ter só metade... Esgotada de saudade, de distancia, de carência, de rejeição, de falta de auto-estima, de total falta de dinheiro, de fome! Éééé... Nem isso posso usar como álibi! Não posso me dar o luxo de comer sem me preocupar com calorias! Não posso tomar “uma” pra desestressar! Não posso ficar um dia sem contar centavos e economizar até numa marmita, ENFIM. Tenho que suportar ser rejeitada descaradamente por um ser que nem liga se to respirando ou não! Tenho que aguentar a saudade! Tenho que conviver com uma imagem que detesto ver no espelho! Com um cabelo que me odeia, com uma estima que nunca será alta! JAMAIS! Não consigo me ver como a sortuda... O que me faz pensar que alguém ainda vai se apaixonar por mim? Que vou ser a escolhida em uma festa no meio de tantas outras garotas! Nada! Nada me faz pensar assim... Porque pelo menos tenho noção do ridículo e sei me colocar no lugar devido! Consigo pelo menos me descrever... Sem mentiras!Hoje foi daqueles dias típicos... Muito frio e muito cinza na minha vida! Acordar cedo, andar demais, suportar ambições, não ter dinheiro, coisas darem errado, querer nascer de novo com 15 quilos a menos, falta de dinamismo pra trabalhar, preocupação e indignação solidária com uma amiga minha (meu anjo!) e agora (01h15min A.M) não conseguir dormir por estar com dor de cabeça e fome!
Só vale a pena lutar por aquilo que vale a pena possuir!
Só queria te falar uma coisa... Só uma! Não vou mais me enganar com toda essa farsa no nosso relacionamento de querer me diminuir pra conseguir se elevar! Não vou! A história de me chamar de infantil, dizer que eu sou uma idiota, que tudo isso é culpa minha (eu sei que é), que não servo pra você... CHEGA! Sabe por quê? Por que no fundo não é nada disso que realmente penso!O problema está “realmente” comigo... Na minha ilusão e no meu defeito de sonhar e esperar demais por aquilo que já sei que não existir mais entre nos! Aconteceram situações que você tirou proveito, né! Descontou tudo em mim.
O que me dá medo é perceber que não sei muito bem o que esperar de você! Não sei o que passa em sua cabeça... Não sei como você está... Nem de suas amizades... Muito menos sei o que vai acontecer! De tudo... A única certeza que tenho é que você me atrai! E muitooo! eu posso muito bem olhar pra você e pensar que tudo aí é o resumo do que não preciso! Consigo perceber que te falta seriedade ou um mínimo de maturidade que seja pra ter esse domínio todo sobre minha vontade! Sou muito capaz de querer ver você com outra só pra ficar com raiva suficiente pra não olhar mais na sua cara! Posso pedir que não venha mais conversar comigo, posso desviar meu caminho, posso enganar meu coração, posso ser só razão! Só não posso entender se tudo isso é verdade... Se for realmente o que eu quero! Enquanto mantenho essas briguinhas e essa implicância... Mantenho você por perto! É uma forma de ter você... Entende! Porque quando isso não passar de um simples encantamento... Quando perceber que era só na minha cabeça e no meu coração que as coisas existiam... Você também deixará de existir! Você também terá sido! Passado! Finity! E eu, como boa Virginiana... Sofro em todas as despedidas, mais logo-logo vai passar... Eu que pensava que você fosse certo tipo de pessoa... Mas talvez nem o tipo certo!
Será tão difícil assim se acostumar com a ausência? Parece que sim! Será por isso que ando com o coração apertado e os olhos mareados? Com certeza sim! Você me faz falta, mesmo perto... Muita falta! Pelo simples fato de não estar aqui eu já me sinto só metade... Eu já sei que não sou completa! Que não consigo ser!Queria contar como foi meu dia, falar o quão estressante o trabalho, ou então escutá-los me chamando de grossa, de egoísta, dizerem que gasto muito e só pensa em festa e fim de semana! Não me importo mais com isso... Só queria tê-los por perto, perto do meu coração e ter a certeza que ainda estou no seu! "A saudade não tem braços, mas sabe como apertar"! Por falar em apertar... Queria abraçá-lo! Queria o aconchego seguro... Queria você... E queria muito e queria agora!

Pra você que amo e odeio demais. 1, 2, 3, 4
Plain White T's

Karina Braz dos Santos

28 de nov de 2009

Levei um fora :(

saiba o que fazer para sacudir poeira e dar a volta por cima
Acabei de ler uma matéria muito boa, com o seguinte título: "Levei um fora , saiba o que fazer para sacudir poeira e dar a volta por cima". RsRs
Bem, eu não estava procurando um remédio para um fora, rs. Abri meu e-mail e estava lá um informativo, achei interessante e fui conferir. Afinal, quem nunca levou um fora na vida?? Além do mais, já vou aprendendo as dicas para quando acontecer, de novo, se bem que só levei um, até hoje .... RS, E quer saber? ele perdeu mais que eu.

A matéria é muito boa, além de estórias de pessoas reais que levaram um fora, e superaram, tem dicas de um psicólogo, coisa séééria, não é falta do que fazer a essa hora da noite!!! RSRS, é só uma forma de compensar a correria do dia...

Vamos às dicas do psicólogo Ailton Amélio, para superar um fora:

1ª-: "Associar boas lembranças com lembranças ruins" -

Sabe aquela coisa de ficar sofrendo e pensando só nas coisas boas vividas, esqueça, ele manda pensar nas coisas ruins também, e pasmem , funciona, eu já fiz isso, sem saber que era um exercício, recomendado pela psicologia ...rs, quando vier aquele pensamento sobre aquele fim de semana ma-ra-vi-lho-so, pense imediatamente naquele dia em que ele te fez passar muita raiva, ou naquela "amiga" dele que você odiava, e tinha que aturar, ou na ex que te infernizava, todo namorado tem uma, pense em todas as lágrimas que você derramou por causa do infeliz, e principalmente na motivação delas...

2ª - Desidealizar o parceiro;
Traduzindo - olhe o infeliz como ele é de verdade, e não como você sonhou, veja os defeitos, sempre tem, e como eles aparecem quando você se desapaixona!!! As vezes nos pergutamos se era cegueira ou burrice, que nao nos deixava enxergar. Não se trata de cuspir no prato que você comeu, nem da materialização da fábula da raposa e das uvas, mas de ver a realidade e superar uma fase ruim ...Rs

3ª - Amor com amor se paga;
Traduzindo - a fila anda, arruma outro logo, se ele não te quiz, alguém há de te querer. Mas tem uma coisa, o psicólogo diz ainda que, "quem ainda não está curado de um amor frustrado pode se envolver com outro parceiro inadequado", portanto, cuidado.. Mas o que não mata fortalece, portanto, mãos à obra..

4ª- Por a esperança à prova -
Para aquelas pessoas que tem esperança de voltar, aquelas que não aceitam a realidade, ele manda ir atrás e testar se a esperança realmente tem fundamento, se não tiver, põe a fila para andar, esqueça, quem não te ama não te merece.

Na realidade eu acho fim de relacionamento um porre, não achei palavra melhor, é muito chato, geralmente fazemos de tudo para dar certo, passamos por cima de erros,do nosso ciúmes, aceitamos chatices de namorado, as vezes até a implicância da mâe dele, ... mas quando acaba, acaba, não vale a pena dá murro em ponta de faca, como eu costumo dizer..

Temos que pensar sempre que quem perdeu foi a pessoa e não nós, que temos qualidades que o outro não soube enxergar e valorizar, e se ea para ser infeliz, melhor ter acabado. Tenho um tática que funciona, acima de tudo creio que temos que estar bem conosco, se algo incomoda em você, mude para melhor, seja a aparência, ou interiormente, mas seja melhor amanhã, do que foi hoje, e certamente conquistará especiais farão pare dele.

Falo por experiência própria, já me desiludi, mas usei como aprendizado, chorar? pode até ser, mas para lavar a alma, e não porque está morrendo por alguém.., ninguém morre disso... Nós aprendemos andar e não morremos a cada tombo, é a mesma coisa..Cada desilusão que vivo, é algo em mim que eu melhoro,tem funcionado, tanto na forma de pensar e agir, como na aparência, não é só porque quero me tornar uma pessoa melhor, rs. Tem o outro lado, humano, do ego, quero me tornar tão melhor que o infeliz que já me fez sofrer, vai olhar, olhar de novo, e se chamar de burro milhões de vezes.. Ele vai dizer ainda, como você está: (...) algumas vezes falam diferente, para não dar o braço a torcer, outras dizem cada vez melhor, ou corajosamente soltam um linda .... mas aí já não vai fazer diferença, porque a fila anda, é só questão de ego mesmo.. Rs

O problema é que, quando o lado emocional, vai mal, parece que puxa todo o resto na mesma direção, tudo vai mal, o humor fica péssimo.. nessas horas só nossos cachorros nos aguentam, ficam por perto quietinhos, para não sobrar para eles, as vezes nos olham sem levantar a cabeça, com aquele olho branco, como se disesse você ainda está assim? Posso fazer algum coisa, quer apoio? RS..

Os homens reclamam que as mulheres não querem nada sério, ou são interesseiras, as mulheres reclamam que os homens procuram garotinhas ou não se contentam com uma só, a verdade é que tem muita gente procurando uma pessoa séria, para algo sério, até encontrarem aquela que julgam idel, sofrerão muitos foras...

... E o sexo frágil e o outro mais frágil ainda, nunca irão se entender, ambos vão ficar procurando a metade ideal, e tentando curar seus foras por aí...
Porém, não existe metade ideal, existem pessoas com defeitos e qualidades, afinidades, objetivos em comum, que decidem se unir em busca do sonho de serem felizes, e quando percebem que não é possível alcançar o tão sonhado objetivo, não faz mais sentido continuarem juntos, e aí começa tudo de novo... é a vida.

12 de nov de 2009

Mensagem


"Filho vês estas águas?
Vês como correm?
Assim será o derramamento do meu Espírito em breve.
Vês que nem troncos ou pedras podem impedir a passagem das águas?
Pois assim também nenhuma organização, governo ou pessoa poderá impedir a ação do meu Espírito naqueles dias."

3 de nov de 2009

EU SOU...

...
Eu sou
Mais que palavras,
Mais que uma voz...



Eu sou
Lágrima,
Sorriso,
Olhar distante...
Eu sou
Mão que trabalham
E acariciam
E pedem
Mãos outras...
Eu sou
Fragmentos de um tempo
Que já passou... (passado e presente)
Que me fez, assim...
Assim, como sou!
Eu sou presença Inteira, única...
Frágil quando sonha
Forte quando quer mais!
Eu sou o dar-me
Sem nada ter...
Sou o livro
Por ler,
Metáfora de mulher
Que o é
Sem o ser...
E eu sou
Mais que palavras,
Mais que uma voz
Que se perde no espaço
E diz quase nada...
Do muito de nós!...

Pois é ...


...hoje não vou publicar nenhum conto, ou poema...
[]Hoje estou com uma solene dor de cabeça!
Claro que eu posso (querendo) tomar um comprimido para isso...
mas certamente vai fazer mal ao meu querido estômago...
Depois tenho de tomar um comprimido para as dores de estômago...
- Chá? Detesto chá!- Gotas de limão no café? - já não são horas de tomar café
- insónia pela certa! Depois teria de tomar um comprimido para dormir...
e amanhã, bem cedo, um café para acordar...
- Não é solução!
[]Então estou a tentar trabalhar um pouco mas não consigo concentrar-me no que estou a fazer por mais de 2 ou 3 minutos...
se tanto! UMA FRUSTRAÇÃO!!!
Um aborrecimento!
Apetece-me GRITAR!!!
[]Foi um desabafo...
KarinaBraz

29 de out de 2009

TE ADORO MARIDO

Pra sempre vou te amar

Pode o mundo acabar,
Por um motivo parar de girar
Pode ser que se apague o brilho solar
Mais pra sempre eu vou te amar
Pode ser que eu perca o brilho no olhar
Pode que a nossa canção nunca mais venha a tocar
Pode ser que a morte da vida venha me levar
Mais pra sempre eu vou te amar
Mais a verdade é que a tristeza jamais irá chegar
Pois sempre existe um sorriso em meu olhar
Esse coração que por ti bate
Tanto te ama e vive a te esperar
É mais do que um desejo de nos teus braços delirar
É muito mais do que eu consigo demonstrar
É uma alegria que de felicidade me faz chorar
É a emoção de pra sempre te amar.
Bem caros amigos,não entendo muito de poemas,
mais o grande amor da minha vida me motivou a fazer este,
o amor mudou a minha vida,
e um grande amor nos faz ver a vida de uma outra maneira,
não se é preciso de muito,
basta um olhar para se fazer estremecer e o mundo parar por alguns instantes.
Agradeço a atenção de todos você,
foi um prazer fazê-lo apesar da falta de entendimento com relação ao assunto.
Mais é o amor!!!

13 de out de 2009

Um poema a Jesus

Grandioso és tu, Jesus, Rei da verdade
nenhuma força pode te vencer.
Aniquilaste as hostes da maldade
E te assentaste à destra do poder.
Grandioso és Tu, Jesus, oh Rei da glória
De majestade coroado estás.
Em tudo o Pai te concedeu vitória
E a vitória aos teus fiés darás.
Grandioso és Tu, Oh Divinal Cordeiro
Teu nome todos hão de confessar.
Perante Ti, Oh Santo e Verdadeiro
Todo joelho há de se dobrar.
A Ti devemos nossa gratidão
Grandioso és Tu, Senhor Jesus.
Tu nos tiraste da escravidão
Grandioso és Tu Senhor Jesus.
"Em nome de Jesus Cristo"
Amém...

18 de ago de 2009

DETERMINAÇÃO



E apesar dos pesares
Continuo de pé
Contrariando os desafetos
Sigo em frente
Desafiando a lógica
Venço todas as batalhas
Por mais inglórias que sejam
Cada dia é um dia e o seu labor é causticante
Não desisto
Estou na ultima parte da provação
E a vitória é eminente
Só não sei se acostumarei a viver sem adversidades.

Te Amo minha Amiga lindaaaaa



Um grande abraço.
"VIDA LONGA"

17 de ago de 2009

Thais (Tatah)

Essa é minha companheira de animaçao, ela é linda, Morenasa, mt simpática, e além disso, dança MTTTTTTTTTTT, danço com ela a pouco tempo mais já posso dizer que temos mts afinidades... Essa fotinha foi na minha casa pela manhã de ressaca depois de uma Maravilhosa noite de Pagode rsrs. BEIJOCAS


Amiga das antigas

Pagode (estilo musical)

Pagode é um gênero musical brasileiro originado no Rio de Janeiro a partir da cena musical do samba dos fundos de quintais. Esta é a forma pejorativa e preconceituosa que esta palavra assumiu. Na verdade o pagode não é exatamente um gênero musical. O pagode, na verdade, era o nome dado às festas que aconteciam nas senzalas e acabou se tornando sinônimo de qualquer festa regada a alegria, bebida e cantoria. Prova de que o nome em nada tem a ver com o rítmo, é a música Pagode de Brasília gravada por Tião Carreiro em 1959, cuja roupagem em nada lembra nenhuma das variações do samba. O termo pagode, começou a ser usado como sinônimo de samba por causa de sambistas que se valiam deste nome pra suas festas, mas nunca o citaram como estilo musical. Isso pode ser bem percebido pela letra "Pagode do Vavá" de Paulinho da Viola, "Pagode pra valer" de Laci Brandão ou qualquer outra do grupo Fundo de Quintal, considerado por muitos o primeiro grupo de pagode do Brasil. Acabou se tornando uma referência para os leigos que falam sobre pagode, forró ou axé. Sendo que nenhum destes são gêneros musicais ou mesmo ritmos. E atualmente é usado de forma pejorativa por alguns e de forma descabida inclusive por "músicos do Gênero".

Eí vc aí q vive do pagode... Q todo dia quando vc liga o seu computador vai logo no sait'S procurar por "revelação" e outros grandes nomes... Que não pode ver ningué cantando um pagode q começa a cantar junto?? rsrs... Então junte-se a mim "eu adoooooro pagode
Sou uma pagodeira loca apaixonada e não tenho vegonha de dizer e gostaria muito de conhecer novos grupos de pagode do meu estado. Vila Velha - ES

Parceiras de Pagode

13 de ago de 2009

É impossível viver sem sentir dor?

De repente um aperto no coração, bem no centro do peito. Sem nenhum motivo aparente, sentimos uma espécie de desconforto e, em seguida, sentimos medo. Quanto mais resistirmos a essas sensações, mais apertado ficará nosso peito. Em momentos como esse, o melhor que temos a fazer é investigar com coragem o motivo dessa sensação. Por que afinal estou com medo? Por que meu coração está apertado? Qual o perigo real dessa situação? O que pode acontecer realmente? Todos nós sentimos alguma espécie de dor. Mas será que é impossível viver sem sentir dor?

A psicologia corporal profunda nos ensina que quando não sentimos nenhuma espécie de dor é sinal de que a estamos negando, e isso acaba por desencadear estados de ansiedade ou entorpecimento. É como se estivéssemos vivos pela metade. Toda experiência e crescimento humano é carregada de dor. Diz o ditado que crescemos por meio do amor ou da dor, no entanto, acredito que ainda nos encontramos em um estágio de evolução onde a ignorância prevalece sobre a consciência. E é a ignorância que nos leva a esse sentimento.


A dor existe para resolvermos uma crise, que sempre é desencadeada quando nos recusamos a fazer as mudanças necessárias em nossas vidas. Toda energia que pede movimento, espaço para fluir, deve ser respeitada e esse espaço deve ser dado. Caso contrário, estaremos deflagrando um processo de crise. Quando nos negamos às mudanças, impedimos que esse movimento aconteça e, por conseguinte, impedimos o fluxo da própria vida. Cria-se dessa forma uma energia morta, como água parada, que apodrece e começa a nos fazer mal. Esse estado que criamos se chama dor.

Mas porque resistimos tanto às mudanças se sabemos que elas são inevitáveis e necessárias para o nosso crescimento? Simplesmente porque temos muito medo do novo, do desconhecido. Para algumas pessoas, infelizmente, todo lugar conhecido, por pior que seja, muitas vezes é melhor do que o desconhecido, permanecemos assim na zona de conforto. Mudar requer força, muitas vezes sacrifício, coragem e muito trabalho. No entanto, se você permanecer em um estado de estagnação, sua dor não cessará enquanto não fizer as mudanças necessárias, as mudanças que sua alma pede para a continuidade de sua evolução.



Portanto, quando o momento de crescer chegar, dê o primeiro passo que a própria vida mostrará a você o resto do caminho. Só não pode ficar parado com cara de paisagem, fingindo que não é com você. É com você sim e é preciso ter coragem para seguir adiante. Caso você escolha ficar sempre no mesmo lugar, não terá direito a reclamações ou queixas. A responsabilidade por sua vida e por suas escolhas é somente sua.


Normalmente, quando você decide pela mudança, metade de sua dor vai embora, você começa a sentir alívio. Isso acontece porque a dor nasce do conflito; sem conflito, não existe dor. Mas quando há conflito é necessária a consciência. Você precisa conhecer profundamente os motivos que o estão levando a um estado de dor. A dor é o resultado da luta entre a vida e a vontade de estagnação, ou seja, a força da "não vida". Por isso sempre falo a todas as pessoas da necessidade que temos em nos conhecer.

O autoconhecimento é o primeiro passo que damos em direção à consciência dos motivos que trazemos em nós e que são desencadeadores de dor. Ninguém deseja, ao menos conscientemente, sentir dor alguma. Por isso, minha proposta a você é que procure conhecer seus motivos, suas ações e reações, seus pensamentos e emoções o mais profundamente que conseguir. Somente dessa forma você poderá, já que todo processo de dor ainda é inevitável, tê-la sob seu controle e não o contrário.

_ Adoro Tudos Vocês_

6 de ago de 2009

Desperte para a vida

Desperte para a vida
Medite em sua responsabilidades perante a
humanidade e perante Deus
de você depende criaturas
que o cercam, na familia,
no Trabalho, na sociedade
não fuja a responsabilidade
que você assumiu;
realize seu trabalho com amor,
produzido o melhor que puder,
e o máximo que suas forças permitirem.
Em suas mãos está uma parte do
futuro da humanidade.

31 de jul de 2009

Tia e Sobrinho










Ser tia é amar uma pessoinha que não é sua, mas a quem você pertence; acompanhar a vida de quem vive outras histórias e que faz parte da sua.
Minha vida meu tudo


Ser tia é uma das melhores coisas do mundo!




Ser tia é uma das melhores coisas do mundo!
Há 4 anos ganhei um novo amigo, grande amigo, alguém tão especial, tão especial... que mudou para sempre a minha vida! A nossa relação começou antes do olhar, do sentir, do usufruir da fragilidade e doçura que só os bébés possuem.
Uma vez Luiz Felipe com 2 aninhos me disse que me amava uma coisa tão linda e tão sincera que eu posso viver 100 anos que nunca vou me esquecer.
Tia paparica, tia briga, tia brinca e rola no chão como se fosse criança, tia carrega no colo, tia faz dormir, tia faz o que a mãe não deixa fazer, tia perde a paciência ás vezes e faz até o que vocês viram na foto aí em cima...
meu unico sobrinho da minha unica irmã... Os dois são a obra de arte da minha vida, tudo que faço é pensando neles, Amo incondcionalmente.
Fiquei radiante de, pela primeira vez, ter alguém para brincar!!! Ser tia é reconstruir a infância de igual para igual, partilhar loucuras, ser cumplice da ingenuidade, ser companheira da tolice... É assim que me sinto hoje!
Hoje, surpreendo-me com a sua intelegencia, energia de mudança... Dou-lhe o ombro, ofereço a atenção, abraço as novidades.
Parabéns sobrinho, companheiro, meu AMIGO!!!

30 de jul de 2009

Música Ivete Sangalo (Adoro)



Agora Eu Já Sei
Ivete Sangalo
Composição: Ivete Sangalo / Gigi

Duvidava não entendia
Quando alguém me falou
Suspirava, que agonia
Pra sentir esse amor
Tempo, mestre de todas horas e dias, passou sem ver
Te amar de verdade, sentir saudade
Mas só de você, só de você
(Refrão)
Agora eu já sei
Quando falta a respiração
É a prova que um coração
Já não sabe maisViver sem você
Agora eu já sei
Que me falta sempre a razão
Traduzir melhor na emoção
Do que trago aqui, bem dentro de mim
Dentro de mim...
Duvidava, não entendia
Quando alguém me falou
Suspirava de agonia
Pra sentir esse amor
Tempo, mestre de todas horas e dias, passou sem ver
Te amar de verdade, sentir saudade
Mas só de você, só de você
(Refrão) 2x
E eu que duvidava e não sabia
Que esse verdadeiro amor chegou
Verdadeiro amor chegou...
Verdadeiro amor!

Música do Belo ( Adoro )



Primeiro a gente se apaixonou
Segundo passo foi te convencer
Que o amor que eu sinto aqui é tão real
E eu não quero mais te ver sofrer
Me dê a chance de te proteger
Te abraçar e te fazer feliz
Eu descobri que a vida é mais
E com você eu vou além
Não vou ficar mais com ninguém
Bem que podia acreditar
Te vejo e falta o ar
Meus olhos podem ver
O amor acontecer
E não é ilusão
Segure a minha mão
E vamos viajar
Pra ver o sol brilhar pra gente (2x)
Primeiro a gente se apaixonou
Segundo passo foi te convencer
Que o amor que eu sinto aqui é tão real
E eu não quero mais te ver sofrer
Me dê a chance de te proteger
Te abraçar e te fazer feliz
E descobri que a vida é mais
E com você eu vou além
Não vou ficar mais com ninguém
Bem que podia acreditar
Te vejo e falta o ar
Meus olhos podem ver
O amor acontecer
E não é ilusão
Segure a minha mão
E vamos viajar
Pra ver o sol brilhar pra gente (3x)
Primeiro a gente se apaixonou...

9 de jul de 2009

RECOMEÇAR

Nao importa onde voce parou... Em que momento da vida voce cansou... O que importa e que sempre e possivel e necessario "Recomecar".
Recomecar e dar uma nova chance a si mesmo... renovar as esperancas na vida e o mais importante... Acreditar em voce de novo.
Sofreu muito nesse periodo? Foi aprendizado...
Chorou muito? Foi limpeza da alma...
Ficou com raiva das pessoas? Foi para perdoa-las um dia...
Sentiu-se so por diversas vezes? E por que fechaste a porta ate para os anjos...
Acreditou que tudo estava perdido? Era o inicio da tua melhora...
Pois ... Agora e hora de reiniciar... De pensar na luz... De encontrar prazer nas coisas simples de novo.
Um novo curso... Ou aquele velho desejo de aprender a pintar... Desenhar... Dominar o computador... Ou qualquer outra coisa...
Olha quanto desafio... Quanta coisa nova nesse mundo de meu Deus te esperando.
Ta se sentindo sozinho? Besteira... Tem tanta gente que voce afastou com o seu "periodo de isolamento"... Tem tanta gente esperando apenas um sorriso teu para "chegar" perto de voce.
Quando nos trancamos na tristeza... Nem nos mesmos nos suportamos... Ficamos horriveis... O mal humor vai comendo nosso figado... Ate a boca fica amarga.
Recomecar... Hoje um bom dia para comecar novos desafios. Onde voce quer chegar? Ir alto... Sonhe alto... Queira o melhor do melhor... Queira coisas boas para a vida... Pensando assim trazemos pra nos aquilo que desejamos... Se pensamos pequeno... Coisas pequenas teremos... Ja se desejarmos fortemente o melhor e principalmente lutarmos pelo melhor... O melhor vai se instalar na nossa vida. E e hoje o dia da faxina mental... Joga fora tudo que te prende ao passado... Ao mundinho de coisas tristes... Fotos... Pecas de roupa, papel de bala... Ingressos de cinema, bilhetes de viagens... E toda aquela tranqueira que guardamos quando nos julgamos apaixonados... Jogue tudo fora... Mas principalmente.... Esvazie seu coracao... Fique pronto para a vida... Para um novo amor... Lembre-se, somos apaixonaveis... Somos sempre capazes de amar muitas e muitas vezes...
Afinal de contas...

Nos somos o "Amor"...

(Paulo Roberto Gaefke)









1 de jul de 2009

Detesto quando escuto aquela conversa:


Sempre acho que namoro, casamento, romance tem começo, meio e fim. Como tudo na vida. Detesto quando escuto aquela conversa:


- 'Ah,terminei o namoro...' - 'Nossa,quanto tempo?'
- 'Cinco anos...Mas não deu certo...acabou'
- ?É não deu...?
Claro que deu! Deu certo durante cinco anos, só que acabou.
E o bom da vida, é que você pode ter vários amores.
Não acredito em pessoas que se complementam. Acredito em pessoas que se somam.
Às vezes você não consegue nem dar cem por cento de você para você mesmo,
como cobrar cem por cento do outro? E não temos esta coisa completa.
Às vezes ele é fiel, mas não é bom de cama.
Às vezes ele é carinhoso, mas não é fiel.
Às vezes ele é atencioso, mas não é trabalhador.
Às vezes ela é malhada, mas não é sensível.
Tudo nós não temos.
Perceba qual o aspecto que é mais importante e invista nele.
Pele é um bicho traiçoeiro.
Quando você tem pele com alguém, pode ser o papai com mamãe mais básico queé uma delícia.
E as vezes você tem aquele sexo acrobata, mas que não teimpressiona...
Acho que o beijo é importante...e se o beijo bate...se joga...senão
bate...mais um Martini, por favor...e vá dar uma volta.
Se ele ou ela não te quer mais, não force a barra.
O outro tem o direito de não te querer.
Não lute, não ligue, não dê pití.
Se a pessoa tá com dúvida, problema dela, cabe a você esperar ou não.
Existe gente que precisa da ausência para querer a presença..
O ser humano não é absoluto. Ele titubeia, tem dúvidas e medos mas se
apessoa REALMENTE gostar, ela volta.
nada de drama.
Que graça tem alguém do seu lado sob chantagem, gravidez, dinheiro,recessão de família?
O legal é alguém que está com você por você.
E vice versa.
Não fique com alguém por dó também.
Ou por medo da solidão.
Nascemos sós. Morremos sós. Nosso pensamento é nosso, não é compartilhado.
E quando você acorda, a primeira impressão é sempre sua, seu olhar, seu pensamento.
Tem gente que pula de um romance para o outro.
Que medo é este de se ver só, na sua própria companhia?
Gostar dói.
Você muitas vezes vai ter raiva, ciúmes, ódio, frustração.
faz parte. Você namora um outro ser, um outro mundo e um outro universo.
E nem sempre as coisas saem como você quer...
A pior coisa é gente que tem medo de se envolver.
Se alguém vier com este papo, corra, afinal, você não é terapeuta.
Se não quer se envolver, namore uma planta. É mais previsível.
Na vida e no amor, não temos garantias.
E nem todo sexo bom é para namorar.
Nem toda pessoa que te convida para sair é para casar.
Nem todo beijo é para romancear.
nem todo sexo bom é para descartar. Ou se apaixonar. Ou se culpar.
Enfim... quem disse que ser adulto é fácil?

20 de jun de 2009

DESEJO

Desejo, primeiro, que você ame,
e que, amando, também seja amado.
E que se não for, seja breve em esquecer
e esquecendo não guarde mágoa.
Desejo, pois, que não seja assim,
mas se for, saiba ser sem desesperar.
Desejo também que você tenha amigos
que, mesmo maus e inconsequentes,
sejam corajosos e fiéis,
e que pelo menos em um deles
você possa confiar sem duvidar.
E porque a vida é assim,
desejo ainda que você tenha inimigos,
nem muitos, nem poucos,
mas na medida exata para que, algumas vezes,
você se interpele a respeito
de suas próprias certezas.
E que, entre eles, haja pelo menos um que seja justo,
para que você não se sinta demasiado seguro.
Desejo, depois, que você seja útil,
mas não insubstituível.
E que nos maus momentos,
quando não restar mais nada,
essa utilidade seja suficiente para manter você de pé.
Desejo ainda que você seja tolerante,
não com os que erram pouco, porque isso é fácil,
mas com os que erram muito e irremediavelmente,
e que fazendo bom uso dessa tolerância,
você sirva de exemplo aos outros.
Desejo que você, sendo jovem,
não amadureça depressa demais,
e que, sendo maduro, não insista em rejuvenescer,
e que, sendo velho, não se dedique ao desespero.
Porque cada idade tem o seu prazer e a sua dor e
é preciso deixar que eles escorram por entre nós.
Desejo por sinal que você seja triste.
não o ano todo, mas apenas um dia.
Mas que nesse dia descubraque o riso diário é bom,
o riso habitual é insossoe o riso constante é insano.
Desejo que você descubra,
com a máxima urgëncia,
acima e a despeito de tudo, que existem oprimidos,
injustiçados e infelizes, e que estão à sua volta.
Desejo ainda que você afague um gato,
alimente um cuco e ouça o joão-de-barro
erguer triunfante o seu canto matinal,
porque, assim, você se sentirá bem por nada.
Desejo também que você plante uma semente,
por mais minúscula que seja,
e acompenhe o seu crescimento,
para que você saiba de quantas
muitas vidas é feita uma árvore.
Desejo, outrossim, que você tenha dinheiro,
porque é preciso ser prático.
E que pelo menos uma vez por ano
coloque um pouco dele
na sua frente e diga "isso é meu",
só para que fique bem claro quem é o dono de quem.
Desejo também que nenhum de seus afetos morra,
por ele e por você,
mas que se morrer, você possa chorar
sem se lamentar, sofrer e sem se culpar.
Desejo por fim que você, sendo um homem,
tenha uma boa mulher,
e que, sendo uma mulher,
tenha um bom homem
e que se amem hoje, amanhã e no dia seguinte,
e quando estiverem exaustos e sorridentes,
ainda haja amor para recomeçar.
E se tudo isso acontecer,
não tenho mais a te desejar.
(Victor Hugo)






9 de abr de 2009

SOBRE MIM

Sou especial.
As pessoas falam que sou especial.
Tenho cara de patricinha e gosto disso às vezes.
Tenho uma boa família.
Tenho uma irmã morena.
Sou morena de verdade.Adoro homens esquisitos e fora dos padrões de beleza.Atualmente estou apaixonada por um cara a quem chamo de amor: Meu marido. Vê-lo ou ouvi-lo me torna mais forte. Não sei definir o porque. Faço cara de entendida mesmo quando não conheço sobre um assunto. Tenho medo de sair de uma roda de amigos só porque acho que as pessoas vão falar mal de mim. Já fui dormir chorando. Já pensei em me matar, mas isso passou. Morro de medo do que os outros pensam.Amo café com leite e pão na chapa.Gosto de boteco. Tenho piercing no umbigo e não pretendo tirá-lo mesmo tendo vergonha dele.Tenho tattoos e fico muito envaidecida quando as pessoas olham pra elas. Às vezes sou possessiva. Sou uma boa amiga. Amo Chaves e Chapolim...Decoro as frases e dou risada com isso. Amo tempo frio. Amo massas. Como muito, mas, vivo de dieta. Já pesei mais de 68 quilos e ainda não estou satisfeita comigo mesma.Gosto de música brega. Não gosto só de uma unica música.Escuto mil vezes a mesma música sem nem ligarEscrevo poemas tristes inspirados em minha vida.Sou confusa. Tenho um ex - namorado atual amigo e um.Tenho a necessidade de me apaixonar por tudo o que faço. Me apego facilmente. Já amei, deixei de amar e amei de novo. Já briguei achando que seria pra sempre e não foi. Brigo com alguém por e—mail, MSN e afins, mas, logo ficamos de bem. Tenho revelações nos sonhos. Amo meu trabalho mesmo ganhando pouco. Ja fiz cursos e fiz cursos que ainda não terminei . Ainda vou ter minha própria marca de acessórios e roupas. Adoro coisas diferentes. Amo o retrô, vintage e miniaturas. Tenho vários acessórios.Amo a Deus sobre todas as coisas. Tornei-me mais vaidosa depois que conheci certo alguém.Desabafo os problemas com minha irmã e minha amiga. Sinto-me culpada por isso. Peço muitos conselhos. Imagino coisas. Às vezes acho que moro num mundo paralelo ao real. Em alguns momentos sinto-me uma princesa e em outros uma barata tonta.Tenho amigos de Internet. Já beijei pessoas que conheci na Internet. Já tive uma CRISE feminina.Não procuro meus amigos de infância, mesmo tendo uma imensa saudade deles – disso eu não me orgulho nada.Sou muito impaciente. Fuço os orkuts alheios. Já fui em show de rock.Já dancei axé. Já fui em uma balada só pra acompanhar meus amigos. Adoro verduras. Não de ovo, mais como ovo mexido às vezes ou quase sempre. Amo shows de Pagode.Falo para algumas pessoas que não bebo, mas, bebo de vez em quando. Aliás, tomo porres periódicos para “fugir” de minha realidade. Quase nunca faço isso sozinha. Leio a bíblia. Não gosto de gente falsa. Odeio fila. As vezaAs vezes faço as pessoas rirem com minhas palhaçadas.Tiro sarro dos outros. Sei que tiram sarro de mim. ja tive namorado no orkut por causa de uma macaquinha.Odeio gente prestativa de mais. Não gosto que me chamem de fia, colega o algo do tipo. Sou convencida e me acho inteligente mesmo. Tenho baixa-estima em alta ou alto-estima em baixa. Quero ter um cachorro, mesmo tendo uma gata. Quero uma casa só minha. Quero ter filhos um dia.Prefiro o campo mais prefiro a cidade.Sou preguiçosa. Adoro predas cosméticos.Não tenho cartão de crédito. Faço as unhas todas as semanas. Vivo sem grana, mas, não sou infeliz por isso. Adoro baladas. Amo viajar. Já acampei com meus amigos. Quero acampar com meu marido de novo.Acho domingo a tarde nostálgico. Converso sozinha. Amo solos de guitarra (em especial os do Floyd), mesmo não conhecendo e gostando de rock.Não toco nenhum instrumento.Já tomei banho no escuro. Penso demais. Não arrisco confessar amores apenas para que os amores não se afastem de mim. Gasto dinheiro à toa. Gosto que me chamem de Karina e detesto que me chamem de Katrina e outros que não seja meu nome. Acho-me feminista. Gosto de rachar a conta. Já comprei uma roupa que não servia apenas por comprar. Sou independente. Já tive megahair, já tive os cabelos vermelhos, pretos, amarelados. Só não fui loura. No momento estou ou deixando crescer, mas, posso cortá-lo a qualquer momento. Odeio esperar. Já fui em shows de hardcore. Já fui clubber.Odeio gatos metidos. Às vezes me acho criança. Entro em sala de bate-papo. Amo Internet. Amo meu cabelo. Faço escova nele. Tenho muitos primos e tios. Já amei um amigo. Tenho um amor pra recordar. Já tive inveja. nunca usei aparelho. Não tenho inimigos (não que eu saiba). Não tenho astigmatismo, mas, acho lindo quem usa óculos. Tenho vontade de ser professora. Amo tirar fotos minhas. Adoro cinema. Gosto de números pares e ímpares também. Dirijo minha vida cantando e gritando. Tenho uma amiga da net no sul. Tenho amigas lésbicas e amigos gays e isso não me afeta nenhum pouco.Amo contar piadas, mesmo não sabendo contar. Acho que todo mundo é preconceituoso (até eu). Tenho uma pequena coleção de fotos. Uso a bolsa combinando com sapato. Tenho loucura por sapatos, mesmo não tendo muitos. Amo música e fotografia.Vou muitas vezes a um mesmo lugar. Amo gente feliz. Amo sorrir. Tenho necessidade de semore esta chorando. Já tomei alguns porres. Converso com as pessoas pelo MSN. Sou insegura. Digo que sou bipolar. Arrependo-me amargamente de não ter ido ao show.Tenho um fotolog e um blog. Amo vida digital. Passo horas na net. Falo palavrão. Quero fazer uma faculdade. Arrependo-me de coisas que não fiz.Coloquei meu primeiro piercing e fiz minha primeira tattoo escondida do meu antigo namorado, mas, com meu dinheiro. Ainda vou saltar de pára-quedas, mesmo morendo de medo de altura.Amo montanhas russas. Ainda vou para o exterior. Já viajei sozinha. Farei isso novamente muitas vezes. Amo viajar sozinha. Confessei um amor por e-mail. Senti que fosse morrer com isso. Amo toque de celular. Não vivo sem música. Acho que ficaria louca se fosse surda. Necessito ter fé e acreditar e meus sonhos. Vou trabalhar ouvindo mp3 no volume máximo e canto... alto ... Acho que tenho claustrofobia. Passo mal no trânsito, ainda mais quando ele está parado e eu estou dentro de um ônibus em pé.Tento ser feliz sempre, mesmo sempre chorando escondido... Já menti. Sou muito sincera. Sou louca. Sou transparente. Sou só eu.
Bem, pelo que deu pra perceber, sou um ser normal e de fato, não sou perfeita.

8 de mar de 2009

25 de fev de 2009

PARA UMA PESSOA ESPECIAL...


Me encontro a sós com o meu pensamento,
Ainda penso nas coisas que eu tenho a fazer,
Uma nova vida se faz a cada novo momento,
Revejo agora o que nunca poderei esquecer;
Ilhada me encontro nos solitários caminhos,
Consigo, às vezes, sair só para me procurar,
Imagino-me como sendo o último dos linhos,
Onde estou? E eu estou em qualquer lugar...
Via-me procurando o sentido da minha vida,
Ainda perdido, mesmo não sendo por querer,
Guardo aberta em meu coração minha ferida,
Não consigo pensar ou apenas deixar de crer,
Enquanto eu não vencer essa estrada sofrida,
Relembro-me de tudo aquilo que me fez sofrer...
Algum dia reencontrarei o meu verdadeiro eu,
Brilha no coração a vontade de me encontrar,
Isso ainda é difícil, pois a minha vida se doeu,
Soube simplesmente se doer, só para se doar...
Segundo tudo aquilo o que ainda está por vir,
Uma vida procura em vão seu belo momento,
Lembranças turvas virão bem antes de partir,
O que ninguém imagina é o mesmo tormento...
Mas as nossas verdadeiras palavras voltarão,
Amigo, a vida se dá somente para quem se deu,
Guardo em minha vida a marca de uma ilusão,
Hoje carrega dentro de mim tudo o que sofreu,
Ilustra os meus sonhos um pouco de solidão,
Amanhã o tempo muda, e quem muda sou eu,
Somente para dizer qual será minha solução...
(Tatiana Monteiro Costa)







1 de fev de 2009

No dia em que Deus criou as mães












No dia em que Deus criou as mães (e já vinha virando dia e noite há seis dias),
um anjo apareceu-Lhe e disse-Lhe:
— Por que é que o Senhor meu Deus
está tão inquieto com esta criação?
E Deus respondeu:
— Já leste as especificações desta encomenda?
Ela tem que ser totalmente lavável, mas não pode ser de plástico. Deve ter 180 partes móveis e substituíveis, funcionar à base de café e sobras de comida.
Ter um colo macio que sirva de travesseiro para as crianças.
Um beijo que tenha o dom de curar qualquer coisa, desde um ferimento até as dores de uma paixão, e ainda ter seis pares de mãos.
O anjo balançou lentamente a cabeça e disse:
— Seis pares de mãos? Parece impossível!
— Mas o problema não é só esse, e os três pares de olhos que essa criatura tem de ter
O anjo, num sobressalto, perguntou:
— E tem isso no modelo padrão?
O Senhor Deus assentiu:
— Sim. Um par de olhos para ver através das portas fechadas, para quando se perguntar o que as crianças estão a fazer lá dentro (embora ela já saiba); outro par na parte posterior da cabeça, para ver o que não deveria, mas precisa saber, e naturalmente os olhos normais, capazes de consolar uma criança em choro,
dizendo-lhe: — Calma, calma! Eu compreendo-te, eu gosto de ti!, sem dizer uma palavra.
E o anjo comentou mais uma vez:
— Senhor, é hora de dormir. Amanhã é outro dia.
Mas o Senhor Deus replicou:
— Não posso, já está quase pronta. Já tenho um modelo que se cura sozinho quando adoece, que consegue alimentar uma família de seis pessoas com meio quilo de carne moída e consegue convencer uma criança de 9 anos a tomar banho...
O anjo rodeou lentamente o modelo e disse:
— É muito delicada, Senhor!
O Senhor disse entusiasmado:
— Mas é muito resistente! Tu não imaginas o que esta pessoa pode fazer ou suportar!
O anjo, analisando melhor a criação, observou:
— Há um vazamento ali, Senhor...
— Não é um simples vazamento, é uma lágrima! Ela serve para expressar alegrias, tristezas, dores, solidão, orgulho e outros sentimentos.
— Sois um génio, Senhor!, disse o anjo entusiasmado com a criação.
— Mas, disse o Senhor, isso não fui eu que coloquei. Apareceu assim...

Poesias,Contos...Queria viver deles...

"Escrever é procurar entender, é procurar reproduzir o irreproduzível, é sentir até o último fim o sentimento que permaneceria apenas vago e sufocador. Escrever é também abençoar uma vida que não foi abençoada."
Clarice Lispector

Volte Sempre

Sua visita me deixa muito feliz