Translate - Tradutor

VISITANTES

Seguidores Amados

Pesquisar este blog

9 de dez de 2013

Vida Estupida

Tem coisas que fica difícil resolver para quem não quer ouvir,  dai acabamos fazendo o que não queremos, falando o que não deveria falar e ouvindo o que nunca deveria ouvir, por conseqüência vivendo infeliz, acostumados com a vida cotidiana, com a rotina, mascarados e sendo o que outra pessoa quer que sejamos. Quero é ser feliz, viver uma vida que sonho a quase 30 anos, sei que estou ficando mais madura, com responsabilidades eternas. Mais entenda que quero viver o 'eu' e não o 'você'. Você me limita, não me motiva e sempre na primeira oportunidade me lembra dos meu piores pesadelos e para piorar minha baixa-estima fala que nunca mudei que sou a mesma.
Já se perguntou por que não sou boa para você? Porque estamos juntos a anos?
Reconheço erros em mim, mudei mais que deveria e sei que devo mudar, só não esqueça que não sou a mulher perfeita que você sempre sonhou, vivi você nesses últimos anos. Esqueci meus sonhos, esqueci o que eu queria. Será que me valeu a pena? Sim valei para mim! Aprendi como é viver na sobra de outra pessoa, como é ser submissa a outra, por tantos anos dependente de um porto seguro, já nem sei mais andar sozinha.
Por tantos anos assim, será que vou conseguir ser o que sonhei, como vou viver sem um alguém. Acabamos nos acostumando com essa vida e quando queremos viver uma vida diferente não sabemos  o caminho da qual seguir, ainda mais quando essa união gera outra vida da qual não vivemos sem ela (filhos), agora fica tudo complicado, pensamos nos frutos que geramos, pensamos como viver lá fora. Como construir uma estrutura sem uma base, estou com medo, sem coragem e sem saber por onde começar a viver...
Porquê você não largou pequenos vícios, porque você não deixou para lá pequenas palavras destruidoras, porquê não fingiu que me escutava quando falava, porquê fez parecer que é um ótimo esposo na frente de amigo. Você sempre quer se sair bem, tem sempre razão, nunca assumi seus erros, nunca ouvi de você um palavra de perdão, nunca me perguntou porquê de alguma coisa, a não ser que te interessasse muito, nunca me perguntou porque choro com freqüência...

Poesias,Contos...Queria viver deles...

"Escrever é procurar entender, é procurar reproduzir o irreproduzível, é sentir até o último fim o sentimento que permaneceria apenas vago e sufocador. Escrever é também abençoar uma vida que não foi abençoada."
Clarice Lispector

Volte Sempre

Sua visita me deixa muito feliz